Amadeus celebra 30 anos

http://descubrasp.com.br/wp-content/uploads/2017/12/peixe.jpghttp://descubrasp.com.br/wp-content/uploads/2017/12/peixe.jpghttp://descubrasp.com.br/wp-content/uploads/2017/12/peixe.jpghttp://descubrasp.com.br/wp-content/uploads/2017/12/peixe.jpgAmadeus celebra 30 anos

O Amadeus, restaurante especializado em peixes e frutos do mar, completa 30 anos e, para celebrar, lança menu especial de aniversário que reúne clássicos da história do restaurante. Com oito pratos, o menu custa R$ 275 e estará disponível de 05 a 23 de dezembro tanto no almoço e quanto no jantar.

Entre as opções, ostras frescas de Santa Catarina do cultivo próprio do restaurante; o tradicional cuscuz de camarões brancos de pesca artesanal; o peixe em papelote; o camarão frisson, flambado no cognac com curry e alho poró e arroz negro. Para a ocasião, a chef Bella Masano irá preparar dois pratos os quais fogem ao atual conceito do Amadeus, mas que faziam parte do menu do Amadeus na década de 80 e são sempre pedidos pelos clientes: capeletti em brodo e rabada com polenta e agrião.

Entre as sobremesas, haverá manjar de coco com calda de caju e sfraciatelli, doce siciliano com frutas secas e castanhas. “É um momento especial. São 30 anos de história com meus pais, no início, e agora comigo. Queríamos um menu que fosse acolhedor e refletisse nosso percurso, nossa filosofia de cuidado com os ingredientes”, explica Bella.

No comando da cozinha desde 2002, Bella Masano, é a filha mais nova do casal Ana Masano, que cuida da gestão, e Tadeu Masano, responsável pela carta de vinhos e sempre por ali. A história do Amadeus começou por acaso, em um dia qualquer de 1987, como lembra Tadeu: “fui almoçar e comprei um restaurante”.


Amadeus e sua história

Essa história prossegue hoje com Bella. “Ana e eu cozinhávamos em casa, para os amigos. No convite de inauguração do Amadeus, escrevemos: ‘ampliamos a nossa sala de jantar’. Muitos acharam que havíamos mudado de casa. Mas, não. Compramos um restaurante”, continua Tadeu.

Desde o início, rigor na escolha, respeito ao ingrediente e cuidado no preparo fundamentam o trabalho de todos. A preocupação é tanta que o Amadeus possui seu próprio cultivo de ostras, vieiras e mariscos, em Florianópolis, Santa Catarina. É de lá que, todos os dias, chegam os frutos do mar.

“Busco sempre o melhor produto ao meu alcance e procuro fazer o mínimo de interferência”, explica Bella. E conta que, além das vieiras, ostras e mariscos, o Amadeus também tem o seu próprio rótulo de pinot noir, o amarosteus, e sauvignon blanc, o amarosmeus. Os dois rótulos são produzidos por Jean Pascal Lacaze, enólogo da Domus Aurea. O nome? “Foi Paulinho da Viola quem deu, num almoço com os amigos”, conta Tadeu em mais uma dos 30 anos de histórias do Amadeus.

O Menu de 30 anos

Ostras do nosso cultivo
Cuscuz de camarões brancos de pesca artesanal
Peixe em papelote
Camarão frisson
Capeletti em brodo
Rabada com polenta e agrião
Manjar de coco com calda de caju
Sfraciatelli

Dica de Mobilidade: São apenas dois quarteirões entre o Amadeus e a estação Consolação do Metrô. Há também uma das estações da Bike Sampa em frente ao restaurante.

Serviço:

Rua Haddock Lobo, 807, Jardins – São Paulo/SP
Segunda à quinta, das 12h00 às 15h e das 19h às 23h
Sexta e sábado, das 12h00 às 16h30 e das 19h à 0h
Domingo, das 12h00 às 17h00
Info: (11) 3061 2859 | 3088 1792
Faz reservas
Cartões de crédito: Visa e American Express

Com informações da assessoria de imprensa

Comments

comments

Author Description

Tiago Barizon

Tiago Barizon é produtor executivo e artístico, por profissão, com mais de 15 anos de experiência no mercado cultural e corporativo. Também é redator, cozinheiro e músico, por opção, já faz vinte anos. Iniciou o DescubraSP para compartilhar o resultado de suas andanças por São Paulo.